TCM inclui Rachel Marques na lista de parlamentares que tem contas desaprovadas

por | Destaques, Notícias, Política

Alguns jornalistas receberam um material do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), com a relação de todos os deputados estaduais cearenses que tiveram contas de quando foram prefeitos, secretários municipais ou vereadores, rejeitadas por aquele Tribunal. A informação foi divulgada pelo jornalista Edison Silva, do jornal Diário do Nordeste. Ainda de acordo com o órgão esses parlamentares pretendem extinguir o tribunal por terem sidos punidos.

O material distribuído pela assessoria do Tribunal de Contas, relaciona os deputados com contas rejeitadas, citando Agenor Neto, Antônio Granja, Audic Mota, Augusta Brito, Carlos Felipe, Elmano de Freitas, José Sarto, Jeová Mota, Manuel Duca, Manoel Santana, Robério Monteiro, Sineval Roque, Bethrose Fontenele, Tin Gomes, Odilon Aguiar (este é contra a PEC), Rachel Marques, Sérgio Aguiar (também é contra a PEC), Walter Cavalcante e Dedé Teixeira (este hoje é secretário estadual).

Na terça-feira passada, quando acontecia uma audiência pública para discutir a PEC da extinção do TCM, alguns dos seus servidores espalharam no piso da área das comissões técnicas da Assembleia, grandes faixas com os nomes desses deputados.

Um dos parlamentares citados na lista do TCM é a deputada Rachel Marques (PT), esposa do prefeito de Quixadá, na relação não constam detalhes acerca da desaprovação de suas contas. Rachel Marques, que ficou na suplência na última eleição para o legislativo estadual, mantém um desempenho pífio em seu mandato, mesmo assim deverá tentar a reeleição para a assembleia legislativa em 2018.

loading...



Deixe seu comentário

Os comentários do site MonólitosPOST tem como objetivo promover o debate acerca dos assuntos tratados em cada reportagem. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.