Homem procura familiares em Quixadá que não vê há mais de 30 anos

por | Destaques, Notícias, Regional

Sr. Sebastião, de camisa listrada, com filhos e netos

No ano de 1984 o senhor Sebastião Brasileiro da Silva foi embora de Quixadá, ele acabou se estabelecendo no município de Marabá, no estado do Pará, desde então não voltou para sua terra natal. Dificuldades pela distância e falta de informações, fizeram com que o tempo passasse, distanciando a família do Sr. Sebastião, que no dia 01 de novembro completa seus 70 anos. Hoje ele já possui filhos e netos.

De acordo com Edsonia Araújo, filha do senhor Sebastião, ele deixou irmãos na Terra dos Monólitos, e até hoje, mais de 30 anos depois, não teve mais contato com eles. Ela entrou em contato com nossa redação e revelou que o maior desejo dele é ter notícias de seus familiares e quem sabe algum dia poder encontrá-los.

Segundo a filha os irmãos de seu pai são Arlindo Brasileiro, Maria das Graças e Maria das Doures Brasileiro da Silva, ela acredita que eles ainda moram no bairro Alto São Francisco, em Quixadá.

Qualquer informação que possa indicar a localização dos familiares do Sr. Sebastião pode ser passada pelos telefones: 041.94.981716639, ou pelo whatsapp 015.94.992217484, o contato pode ser, também, através da nossa redação pelo email: monolitosquixada@gmail.com ou pelo InBox da nossa página no Facebook CLIQUE AQUI.

Vamos ajudar a desvendar este caso e proporcionar um final feliz a  história dessa família.




Comentários

Os comentários abaixo não representam a opinião do Monólitos Post; a responsabilidade é do autor da mensagem.
  1. Olha conheço alguém cm esses nomes e sobrenomes uma das irmão dele acho o filho dela foi casado cm minha irmã aí no quixada o sobrenome deles são brasileiro igual ao do senho aí eles moram no alto são Francisco Di trás da aabb Di quixada o nome dele é nal do só sei que ela moram lá ainda la Di traz da aabb tem o face das nora dessas pessoas cm esse sobrenome também. Qualquer coisa aviso

Deixe seu comentário

Os comentários do site MonólitosPOST tem como objetivo promover o debate acerca dos assuntos tratados em cada reportagem. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.