Polêmica: Ao cobrar a prefeitura em rede social, artista quixadaense evidencia que bloquinho era laranja na realização de pré-carnaval

- por
  • Compartilhe:

Um cantor quixadaense usou o seu perfil no Facebook para cobrar a Prefeitura Municipal de Quixadá o cachê do show que seria realizado na segunda e última no noite do Carnaval em Quixadá.

Em seu post, o artista quixadaense pode ter revelado algo que deve ser investigado pelo Ministério Público: O uso do bloquinho Vai que eu Vou como laranja da Prefeitura para a realização do Pré-carnaval. “Juntando tudo são 2 bloquinhos e meio e mais a data e carnaval que a prefeitura e nenhum dos secretários fazem nada para ser pagos os serviços prestados”, declarou o artista.

Vale destacar que os diretores do bloquinho são diretamente ligados à administração petista local, o que aumenta ainda mais as suspeitas do Vai que eu Vou ter sido usado pela gestão municipal para realização do pré-carnaval e assim escapar da mira dos órgãos de fiscalização.

O cantor que não tem nada com o uso de laranjas pela Prefeitura de Quixadá, quer receber o dinheiro de serviços prestados em 2018 e também o cachê do Carnaval deste ano. Além disso, Brito não se apresentou no evento porque foi barrado pela gestão. Ele disse ainda que acha “Engraçado que toda a vida que vou atrás eu estou errado por estar cobrando os meus direitos e nunca tenho uma resposta concreta, sempre é deixado para depois, fora as vezes que sou tido como errado por cobrar algo que é meu direito”, comentou o cantor.




Deixe seu comentário

Os comentários do site Monólitos Post tem como objetivo promover o debate acerca dos assuntos tratados em cada reportagem.
O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.