Gesto nobre: Familiares decidem doar órgãos do fotógrafo quixadaense Ednardo Pinheiro

- por
  • Compartilhe:

Os familiares do fotógrafo quixadaense de 63 anos que morreu após 2 dias internados no IJF ao sofrer uma queda durante uma escalada de uma rocha nas proximidades do Açude do Eurípedes, em Quixadá, decidiram doar seus órgãos.

Logo após a confirmação do seu óbito, todos os tramites burocráticos para doação dos órgãos de Ednardo foram autorizados pela família.

O corpo de Ednardo Pinheiro chegou em Quixadá somente na tarde desta quarta-feira (12) e está sendo velado em sua residência, situada na rua Dom Lucas, nº 489, bairro Campo Velho. O sepultamento está previsto para acontecer as 17h de hoje no cemitério municipal.




Deixe seu comentário

Os comentários do site Monólitos Post tem como objetivo promover o debate acerca dos assuntos tratados em cada reportagem.
O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.