Quixadá: Criticando processo seletivo, defensor público tacha prefeito de utilizar a prática da velha política

- por
  • Compartilhe:

A saga dos concursados de Quixadá tem interessado não apenas aos aprovados que sofrem uma implacável perseguição por parte do prefeito de Quixadá, Ilário Marques (PT), que desde que assumiu o Executivo quixadaense, em 2017, tem essa postura, mas também toda a população.

O defensor público do município, Dr Júlio César Matias, usou suas redes sociais, nesta quinta-feira (4), para demonstrar sua indignação com as desvalorização do concurso por parte do petista. Ele criticou os processos seletivos realizados pela Prefeitura de Quixadá.

Em sua postagem no Facebook, o defensor pergunta: “Qual a finalidade de uma seleção (indicação) se existem aprovados em concurso público reconhecido pelo Poder Judiciário para os mesmos cargos que se pretende selecionar?”.

Logo após, tacha a perseguição do prefeito em aniquilar o concurso público de persistência em erro e chama os processos seletivos de velha política. “Insistir no erro só revela o perfil de uma velha política, baseada no apadrinhamento político e na ideia de que quanto mais pessoas “escolhidas” maior a chance de se manter no poder”, comentou.

O comentário de Júlio César remota ao passado político do país, onde um político era eleito por meio de favores, mantendo um curral eleitoral na base do clientelismo. Já no passado do município, Ilário foi eleito, pela primeira vez, combatendo a velha prática combatida por Júlio César. O petista, antes, era contra o coronelismo. Hoje, o usa para permanecer no poder.

O defensor termina sua postagem incentivando os aprovados no concurso de 2016 e a sociedade para valorizar o ingresso no serviço público através de concurso. “Quixadá cresceu e merece futuro melhor. Concurso público é coisa séria. Você cidadão de bem, deve se manifestar, dar ao seu filho a chance de fazer um concurso público, ser nomeado e viver de seus próprios esforços. Lute. Quixadá merece coisa melhor”, finalizou Júlio César.

Confira abaixo a postagem na íntegra.




Deixe seu comentário

Os comentários do site Monólitos Post tem como objetivo promover o debate acerca dos assuntos tratados em cada reportagem.
O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.