Evento com Prefeito de Banabuiú reúne milhares de pessoas

- por
  • Compartilhe:

 

Uma multidão lotou um clube de Banabuiú na manhã deste sábado (8) em um café da manhã que foi organizado pelo atual prefeito do município, Edinho Nobre, e o atual vice prefeito, Dr. Arimatea. O encontro reuniu amigos dos dois políticos em um momento informal, onde falaram sobre os principais momentos da história de Banabuiú.

Uma fonte consultada pelo portal Monólitos Post, que preferiu não se identificar, afirmou que cerca de duas mil pessoas participaram do encontro. Na apresentação ao público, em nenhum momento Edinho e Arimatea se apresentaram como políticos. Os dois justificaram o encontro como um momento para conversar sobre o Banabuiú.

“Gente, eu tenho prazer em fazer alguma coisa por esse município. Eu sinto uma enorme alegria em poder estar em uma situação que me permita ajudar a cidade onde eu nasci e cresci. Minha família é deste lugar e eu amo o Banabuiú, quero poder fazer muito por ele ainda”, disse Edinho.

O médico Arimatea da Silva também lembrou sua história no Município. “Fazem 28 anos que eu prescrevia a primeira receita, loratadina, ali na Laranjeiras. Eu e o Edinho estamos juntos porque nossa história é atrelada às história deste município”, afirmou.

Não houve discursos no evento. Após receberem os convidados, Edinho e Arimatea ofereceram um café da manhã aos amigos presentes. O evento foi marcado pela presença de pessoas que disseram ser admiradoras da história dos dois políticos.

No meio da tarde, horas após o evento, Edinho usou suas redes sociais para falar sobre o evento. “Pude sentir a sinceridade em cada abraço, em cada aperto de mão, e ouvir de cada banabuiense, parte de minha história, me deu a certeza de que ser amigo de quem conhece sua luta, é poder ter a confiança de se sentir forte para encarar desafios. Muito obrigado”.




Deixe seu comentário

Os comentários do site Monólitos Post tem como objetivo promover o debate acerca dos assuntos tratados em cada reportagem.
O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.