Ricardo Silveira sugere uso de leitos da UTI’s da Unidade Cardiológica da Maternidade Jesus, Maria e José para tratamento de pacientes com COVID-19

- por
  • Compartilhe:

UTI´s prontas no Hospital Maternidade Jesus, Maria e José

A preocupação com a pandemia do COVID-19 tem deixado muita gente em pânico, sobretudo pela situação da saúde em diversos estados e municípios. Em Quixadá, os munícipes não pensam diferente e têm medo de sofrer ao precisar do serviço público oferecido pelo município.

Para acalmar e ajudar seus conterrâneos, o médico Ricardo Silveira, em live realizada na noite dessa terça-feira (24), em suas redes sociais, sugeriu ao bispo Dom Ângelo Pignolli, que liberasse os leitos de UTI’s da Unidade Cardiológica da Maternidade Jesus, Maria e José para ajudar no tratamento de pessoas infectadas pela doença que tem assustado todo o mundo.

Ainda durante a live, Ricardo foi parabenizado pela atitude. Logo depois, ele fez uma publicação, também em suas redes sociais, para comunicar aos quixadaenses a ideia, neste momento em que todos devem ser solidários e realizar ações de amor ao próximo. “Solicitei ao bispo de Quixadá, Dom Ângelo, que autorizasse a utilização dos leitos de UTI’s da Unidade Cardiológica no Hospital e Maternidade Jesus, Maria e José, construídas por Dom Adélio e pelo José Nilson e concluídas por mim”, diz em um trecho da publicação.

Ricardo Silveira, que já é conhecido por suas ações solidárias, como o maior evento totalmente gratuito de promoção da saúde, a Caravana do Coração e da Cidadania, foi além e informou, ainda na publicação, que como tem um contrato com a maternidade no que concerne à Unidade Cardiológica, disse que, de sua parte, os leitos estão liberados. “Informo a todos também, que eu mantenho um contrato vigente com a maternidade e estamos liberando esses leitos para tratar as pessoas infectadas pelo coronavírus em Quixadá”, garantiu.

Atendendo a solicitação de Ricardo Silveira, o bispo de Quixadá estará, assim como o médico, ajudando os quixadaenses e, também, a própria instituição da Diocese. De acordo com a portaria n° 414 do Ministério da Saúde, publicada no último dia 18, após a habilitação dos leitos, o Governo Federal pagará R$ 800,00 (oitocentos reais) para o custeio diário de cada um deles.

Segundo o documento, serão disponibilizados 2.540 leitos de Unidade de Terapia Intensiva Adulto e Pediátrico, fornecidos pelo Ministério da Saúde para atendimento exclusivo dos pacientes COVID-19 que já estão autorizados para habilitação, destacando que a publicação das Portarias de habilitação ocorrerá a medida da instalação e disponibilização dos leitos nos estados, pelo período excepcional de 90 (noventa) dias, podendo ser prorrogado.

Ricardo Silveira, vê a medida como positiva, pois os leitos de UTI’s são os mais indicados para tratamento de pacientes em estado grave. “É inadmissível tratar pacientes graves em um posto de saúde. Nós temos uma estrutura pronta no anexo da maternidade e ela pode ser usada neste momento difícil por qual passamos”, finalizou.

Assista a live de Ricardo Silveira realizada nesta terça-feira (24).

ASSISTA NOSSA LIVE. PARTICIPE, FAÇA SUA PERGUNTA.

ASSISTA NOSSA LIVE. PARTICIPE, FAÇA SUA PERGUNTA.

Posted by Ricardo Silveira on Tuesday, March 24, 2020

 




Deixe seu comentário

Os comentários do site Monólitos Post tem como objetivo promover o debate acerca dos assuntos tratados em cada reportagem.
O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.