Grupo é detido em Iguatu após se passar por pesquisadores e aplicar falsos testes de COVID-19

- por
  • Compartilhe:

Um grupo de dezesseis pessoas foi detido no município de Iguatu após tentarem aplicar testes de COVID-19 de forma irregular.

A ação conjunta da Polícia Civil, Militar, Vigilância Sanitária e Demutran ocorreu na tarde desta quinta-feira (14) após denúncias de que um grupo de pessoas estaria passando nas residências, tentando aplicar testes de COVID-19 de forma irregular.

A população estranhou os falsos pesquisadores que não apresentavam nenhuma identificação. Após as diligências, 16 pessoas foram detidas e encaminhadas a delegacia, onde perante as autoridades policiais os mesmos afirmaram prestar serviços para a Pesquisas Nordeste LTDA, que por sua vez era terceirizada pelo IBOPE, que teria uma parceria com o Ministério da Saúde para realização das pesquisas em várias cidades do país.

Todos os suspeitos foram autuados por exercício ilegal da profissão e por estarem pondo em risco a saúde e a vida das pessoas. Eles foram recambiados para Fortaleza, a cidade de origem de todos eles.

Todo o material foi apreendido pela Vigilância Sanitária para ser descartado.

 




Deixe seu comentário

Os comentários do site Monólitos Post tem como objetivo promover o debate acerca dos assuntos tratados em cada reportagem.
O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.