Quixadá: Jovem posta em rede social exames da mãe com resultados diferentes e prefeito diz que ação é criminosa

- por
  • Compartilhe:

Uma postagem realizada por uma jovem em seu perfil, nesta quinta-feira (28), no Facebook tem chamado a atenção dos quixadaenses pela grave denúncia relatada: Um possível erro no exame que detecta a COVID-19. A mulher identificada como Sara Farias conta o drama vivido por toda sua família, pois a mãe dela, de acordo com o exame realizado pela Prefeitura de Quixadá, com resultado preenchido a mão no último dia 16 de maio, foi testada como positivo para o coronavírus. Já em um laboratório particular, sua genitora testou negativo.

De acordo com Sara sua aflição, medo e drama começaram quando a Secretaria de Saúde de Quixadá passou no bairro em que ela mora realizando o teste que detecta se a pessoa está infectada ou não pelo novo coronavírus. “Minha mãe fez , e depois de alguns dias uma moça do CRAS ligou informando que ela tinha testado POSITIVO, sendo que minha mãe e minha família não estava com nenhum sintoma”, relatou.

A jovem comentou que com o resultado do teste coletado pela Prefeitura de Quixadá, a família se isolou para não infectar outras pessoas, mas desconfiando de que havia erro no realizado pela gestão, resolveu procurar um laboratório na rede privada, na última sexta-feira (22), no mesmo dia em que recebeu a resposta da Secretaria de Saúde sobre o teste de sua mãe, o wue veio com uma boa notícia, a mãe não havia sido infectada. “Minha mãe fez um exame particular no mesmo dia que recebeu o resultado da secretaria de saúde, e deu NEGATIVO”, confirmou Sara Farias.

Em sua publicação, ela postou os dois exames e mostrou sua indignação com o resultado do teste realizado pela Prefeitura, dando a entender que a gestão positiva os casos para receber recursos para o enfrentamento do novo coronavírus, deixando de lado o bem estar e saúde da população. “É uma falta de respeito fazer isso com as pessoas para vir verba para a cidade, só pensam em dinheiro e nunca na saúde das pessoas”, lamentou.

Sara Farias finaliza a postagem informando que sua mãe sofreu psicologicamente com a situação e demonstra, ainda, que tem dúvidas sobre os exames realizados pela Prefeitura de Quixadá. “Minha Mãe ficou super abalada e passou mal, é assustador o número de casos que já foi confirmado aqui. Depois desse acontecido fiquei imcabula, imagina quantas pessoas testaram positivo e não estão com esse vírus, precisa ser investigado esses casos e mortes”, comentou.

O prefeito Ilário Marques (PT) se pronunciou sobre o caso em um programa semanal, transmitido por uma rádio local, no final da manhã desta quinta-feira (28) e não mediu palavras para criticar o drama vivido pela jovem e pela família. O alcaide por nenhum momento se desculpou, preferindo tachar a postagem como criminosa. “É até criminoso. É um desserviço à opinião pública, para que as pessoas acreditem no serviços de saúde, a divergência de exames é uma coisa muito comum numa situação como essa, onde é usado o teste rápido, onde é feito com dias diferentes do outro, um exame no dia, o outro cinco dias depois, além do que não tem nenhum exame que é preciso. Fazer essa insinuação é um desserviço, não tem nada de utilidade pública”, disse o petista.

Veja abaixo a publicação:




Deixe seu comentário

Os comentários do site Monólitos Post tem como objetivo promover o debate acerca dos assuntos tratados em cada reportagem.
O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.