Ministério da Saúde suspende a compra de seringas e vacinação contra a COVID-19 deve atrasar no Brasil

- por
  • Compartilhe:

O Presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta quarta-feira (06) que o Ministério da Saúde suspendeu a compra de seringas “até que os preços voltem à normalidade”. Com isso, o início da vacinação contra a COVID-19 no Brasil deve atrasar ainda mais.

De acordo com Bolsonaro “Estados e municípios têm estoques de seringas para o início das vacinações, já que a quantidade de vacinas num primeiro momento não é grande”, argumenta.

A vacinação contra o coronavírus já teve início em diversos países do mundo. No Brasil, a Anvisa, ainda não autorizou o uso emergencial tampouco o registro de nenhum laboratório.

 




Deixe seu comentário

Os comentários do site Monólitos Post tem como objetivo promover o debate acerca dos assuntos tratados em cada reportagem.
O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.