Incêndio poderia ter destruído quarteirão inteiro no Centro de Quixadá, revelam bombeiros

- por
  • Compartilhe:

O maior incêndio da história do município de Quixadá começou a ser registrado na manhã deste domingo, 21. O fogo teve início numa loja de peças e material de construção que fica localizada na Rua Francisco Enéas de Lima, no centro da cidade.

Equipes do Corpo de Bombeiros de cinco municípios – Quixeramobim, Limoeiro do Norte, Horizonte, Pacajus e Maracanaú – foram acionadas para tentar debelar as chamas.

Matéria Relacionada: Incêndio destrói estabelecimento comercial no Centro de Quixadá

O fogo começou por volta das 6 horas da manhã e continuou até o fim da tarde. Explosões eram ouvidas o tempo inteiro no interior do prédio em chamas. Mesmo após as chamas terem sido controladas, os bombeiros tiveram de permanecer no local para realizar o resfriamento da área. A operação contou com a ajuda de dezenas de voluntários. Durante todo o dia, aproximadamente 100 pipas d’água foram utilizadas, num total de quase 800 mil litros d’água.

De acordo com o Major Maurício, Comandante do Corpo de Bombeiros de Quixeramobim, o incêndio poderia ter destruído facilmente todo o quarteirão onde a loja em que começou está localizada. Há no quarteirão diversas lojas que armazenam grande quantidade de material inflamável. De acordo com o Major, não fosse pela ajuda dada pelas dezenas de voluntários e o apoio dos pipeiros, um desastre de enormes proporções poderia ter acontecido.

A CAUSA

Ainda não há informações oficiais acerca do que provocou o incêndio. Especula-se que poderia ter sido uma falha nas instalações elétricas do local. Há, também, suspeitas de que o fogo tenha sido iniciado de forma criminosa, já que a porta do estabelecimento continha sinais de arrombamento. A polícia vai investigar.

 

REPERCUSSÃO

A batalha dos Bombeiros e das dezenas de voluntários contra a propagação das chamas foi destaque nos principais veículos de comunicação do Ceará. O jornal OPovo destacou que o fogo demorou mais de oito horas para ser controlado. O Diário do Nordeste descreveu a ajuda dada pelos pipeiros aos Bombeiros, e o portal G1 falou da possibilidade do incêndio ter sido criminoso.

Nas redes sociais a notícia foi a mais comentada e compartilhada durante todo o dia. Vários vídeos feitos por populares que fizeram questão de ir até o local davam a exata dimensão do tamanho da luta contra as chamas (veja um dos vídeos em nossa página no Facebook.)

PERIGO NA MADRUGADA

11647394_10207251351545694_530093829_n

Na madrugada desta segunda-feira, 22, algumas pessoas munidas com pequenas lanternas se arriscaram ao entrar na estrutura queimada, apesar das faixas de isolamento colocadas pela polícia. A estrutura do prédio que abrigava a loja ficou seriamente comprometida e caminhar ali pode ser muito perigoso. Além disso, ainda havia fumaça no local, e esta é tóxica.

PREJUÍZO

As estimativas são de que o prejuízo material ultrapasse os dois milhões de reais. Além de todos os objetos perdidos – não apenas da loja onde o fogo começou, mas de outras na vizinhança -, há também o prédio que foi comprometido e provavelmente precisará de demolição. Alguns registros de devedores, mantidos pelo proprietário no interior da loja, também foram destruídos, o que quase certamente agravará o prejuízo. Felizmente, porém, não houve nenhuma vítima. (Fotos: Cleyton de Paula)

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK




Deixe seu comentário

Os comentários do site Monólitos Post tem como objetivo promover o debate acerca dos assuntos tratados em cada reportagem.
O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.