Com a garantia da justiça, 175 concursados são convocados pela Prefeitura de Quixadá

- por
  • Compartilhe:

Sem saída, prefeito de Quixadá, que havia sido afastado, Ilário Marques (PT), é obrigado a lançar edital para chamar parte dos aprovados no concurso, medida realizada para cumprir determinação judicial.

O prefeito petista foi o responsável por toda a demora da convocação dos concursados, sempre demonstrando que não pretendia tê-los em sua gestão. Ao assumir a Prefeitura de Quixadá, em um de seus primeiros atos, anulou o certame, com a atitude, o Ministério Público entrou com uma ação e teve ganho de causa em primeira instância.

Em vídeo publicado em seu perfil no Facebook, após reassumir o comando do Executivo por força de liminar, no último dia 23, Ilário Marques disse que acredita que o Tribunal de Justiça do Estado pode reverter à decisão em seu favor. Há quem diga que algumas ações que ele tem tomado são para ganhar tempo, como a de anular a posse dos que foram convocados no período em que ele esteve afastado.

Agora, com o fim do ano letivo e a proximidade do novo, o alcaide lançou edital com a convocação para 172 cargos de professor de Educação Básica (PEB I e II). Além dos professores, serão convocados três candidatos ao cargo de técnico em Radiologia.

Os candidatos deverão comparecer, pessoalmente, ou por intermédio de procurador, mediante procuração pública ou particular, com firma reconhecida em cartório, dos dias 18/12 à 21/12, de 8h às 12h e de 14h às 17h, na sede da Secretaria de Educação, na Rua José de Queiroz Pessoa, 1932, Centro de Quixadá.

Confira o edital de convocação




Deixe seu comentário

Os comentários do site Monólitos Post tem como objetivo promover o debate acerca dos assuntos tratados em cada reportagem.
O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.