Diocese de Quixadá continuará com celebrações remotas mesmo após liberação de Camilo Santana

- por
  • Compartilhe:

No último sábado (03), o ministro do Supremo Tribunal Federal – STF, Nunes Marques, determinou que estados e municípios não editem decretos que não permitam atividades religiosas com presenças de fiéis. A decisão dividiu opiniões e gerou muitos questionamentos.

Neste domingo (04), no novo decreto baixado pelo Governador do Ceará, Camilo Santana, a decisão do Ministro do STF foi acatada e as atividades religiosas liberadas em todo o estado, com presença de fiéis de até 25% da capacidade dos templos e igrejas, mas com orientação de que, se possível, as celebrações fossem mantidas de forma remota.

Na manhã desta segunda-feira (05), a Diocese de Quixadá divulgou nota oficial informando que as atividades religiosas continuarão sendo realizadas de forma remota pelo menos até o próximo domingo (11). Ainda de acordo com a nota, as atividades presenciais poderão retornar a partir do dia 12 de abril, a depender da liberação do lockdown por parte de Camilo Santana.

Confira abaixo a nota divulgada pela Diocese de Quixadá.




Deixe seu comentário

Os comentários do site Monólitos Post tem como objetivo promover o debate acerca dos assuntos tratados em cada reportagem.
O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.