Madalena adota medidas para regularizar vacinação de grupos prioritários contra COVID-19

- por
  • Compartilhe:

Em resposta a procedimento do Ministério Público do Estado do Ceará, o Município de Madalena informou, nesta quarta-feira (19), atualização das providências adotadas para regularizar e melhor executar o Plano Nacional de Vacinação (PNI) na localidade. A recomendação que motivou a resposta foi expedida pela Promotoria de Justiça da Comarca de Madalena, através do promotor de Justiça Alan Moitinho Ferraz.

As medidas da Secretaria de Saúde de Madalena foram informadas ao Ministério Público por meio de dois ofícios, um do dia 10 de abril de 2021 e outro, atualizando os dados, datado desta quarta-feira (19). No primeiro ofício, o Município informou que a meta de profissionais de saúde a serem vacinados está superestimada. O número de 448 profissionais de saúde, segundo a Secretaria, não corresponde aos trabalhadores da área de saúde que atuam na linha de frente no enfrentamento à Covid-19 no Município. Segundo o ofício, o quantitativo real é de 272 profissionais nesse eixo de atuação, sendo que 100% já receberam a primeira dose da vacina e 97%, a segunda dose.

Assim, após análise da Secretaria e sob orientação do Ministério Público, o Município destinou as doses excedentes ao público idoso, com o objetivo de ampliar a cobertura vacinal, proteger o grupo vulnerável e evitar estoque retido do imunizante. Também por recomendação do MP, a administração municipal disponibilizou a lista de vacinados.

Em ofício enviado hoje à Promotoria de Justiça de Madalena, a Secretaria atualizou as medidas e informou que o Município encaminhou à 5ª Coordenadoria Regional de Canindé o ofício que trata da readequação da meta de vacinação. Além disso, a administração municipal afirmou que recebeu, em 8 de maio último, 540 doses do imunizante CoronaVac e as aplicou, no mesmo dia, em idosos que aguardavam a segunda dose da vacina. A secretaria espera novas doses para quem aguardava ser vacinado nos dias 8 e 10 de maio e não foi imunizado por motivo de doença ou ausência do Município.

A Secretaria oficiou ainda que realizou busca ativa e aguarda concluir esquema vacinal em idosos com mais de 60 anos. O órgão informou também a lista de monitoramento do PNI de Madalena, a partir de dados da Superintendência de Saúde do Sertão Central, com número de vacinados e porcentagem da meta atingida, a partir de parâmetros do Ministério da Saúde.




Deixe seu comentário

Os comentários do site Monólitos Post tem como objetivo promover o debate acerca dos assuntos tratados em cada reportagem.
O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.