Polícia Civil prende mãe e filha acusadas de participação em homicídio no município de Quixadá; assista

- por
  • Compartilhe:

A Polícia Civil de Quixadá, tendo a frente o Delegado Regional Dr. William Lopes, deflagrou nesta terça-feira (08) a operação “Família Metralha” que resultou nas prisões de mãe e filha suspeitas de participação em um homicídio ocorrido no dia 25 de janeiro no interior de um lava-jato município de Quixadá e que vitimou Antônio Romário da Silva.

As duas suspeitas identificadas pelos nomes de Solinha e Rafaele, teriam ligação com uma facção criminosa bastante atuante no estado, sendo que a mãe (Solinha) seria a mentora do homicídio, que foi cometido dentro de um lava-jato da cidade e que foi cometido por outro filho da acusada, identificado pelo nome de Rafael. A arma utilizada no crime teria sido levada por Rafaele, que por sua vez, ainda ajudou a dar fuga a seu irmão.

Após o crime, Solinha, ainda foi até o local do crime que ele acabara de ordenar e fotografou a vítima já sem vida, como uma espécie de confirmação do serviço que havia sido praticado. A Delegacia Regional de Polícia Civil de Quixadá continuará investigando o caso.




Comentários

Os comentários abaixo não representam a opinião do Monólitos Post; a responsabilidade é do autor da mensagem.
  1. Caracas, gostei da música tornou a operação top, com uma boa dose de adrenalina… show!!!

Deixe seu comentário

Os comentários do site Monólitos Post tem como objetivo promover o debate acerca dos assuntos tratados em cada reportagem.
O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.