Suspeito de tentativa de homicídio por LGBTfobia no interior do Ceará é preso em São Paulo

- por
  • Compartilhe:

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), em ação conjunta com a Polícia Civil do Estado de São Paulo (PC-SP), capturou um homem de 22 anos, investigado por tentativa de homicídio contra um professor, na cidade de Uruoca. A prisão aconteceu na tarde dessa sexta-feira (2), no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo.

De acordo com a PCCE, as investigações foram iniciadas após o crime, ocorrido em 4 de junho de 2021, quando o suspeito lesionou a vítima com golpes efetuados por um objeto perfurocortante. O docente recebeu atendimento médico e passa bem. “O crime foi motivado por discriminação em razão da orientação sexual da vítima”, explica o delegado Bruno de Mesquita, titular da Delegacia Municipal de Uruoca.

Conforme a investigação policial, houve uma discussão entre os dois, na casa da vítima, rendida e lesionada pelo suspeito, que fugiu após o professor ser socorrido por vizinhos. Uma faca foi apreendida pelos policiais no imóvel. Desde então, diligências eram realizadas para encontrar o homem, abordado, com apoio dos policiais civis de São Paulo, ao desembarcar no terminal de passageiros.

O suspeito foi autuado por tentativa de homicídio qualificado pelo motivo torpe, em razão dos indícios de conduta homofóbica por parte do investigado, e por impossibilidade de defesa da vítima. Após a prisão, ele será transferido para o Ceará.




Deixe seu comentário

Os comentários do site Monólitos Post tem como objetivo promover o debate acerca dos assuntos tratados em cada reportagem.
O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.