Polícia Civil deflagra operação e mira empresas com contratos que somam R$ 160 milhões com prefeituras cearenses

- por
  • Compartilhe:

A Polícia Civil deflagrou, nas primeiras horas da manhã de hoje (6), a “Operação Clavus” com o objetivo de coletar novos elementos de provas pela suspeita de fraude em licitações e na execução de contratos públicos, envolvendo empresas que prestam serviços e locações em geral para várias prefeituras no Ceará, principalmente em Nova Russas e em Tamboril. No total, três pessoas foram presas. As empresas alvos da operação possuem contratos de cerca de R$ 160 milhões com prefeituras no Ceará.

A investigação aponta para indícios de que estas empresas são administradas pelas mesmas pessoas, as quais conseguem contratar com o poder público, mediante o apoio de servidores das próprias prefeituras, o que resultava na indevida vantagem econômica em benefício dos envolvidos no esquema criminoso e grave prejuízo ao erário.

A ação foi coordenada pela Delegacia de Combate à Corrupção (Decor) da PC-CE. Ao todo, 50 policiais civis cumpriram 11 mandados, sendo sete de busca e apreensão e quatro de prisão preventiva. Os trabalhos foram realizados nos municípios de Fortaleza, Maracanaú, Massapê, Nova Russas, Tamboril e Sobral.




Deixe seu comentário

Os comentários do site Monólitos Post tem como objetivo promover o debate acerca dos assuntos tratados em cada reportagem.
O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.