Quixadá é premiado pela Fundação Itaú Social com R$ 250 mil em projeto voltado para pessoas em situação de vulnerabilidade

- por
  • Compartilhe:

Através da Fundação Itaú Social um projeto do Conselho Municipal de Direito da Criança e do Adolescente (CMDCA) de Quixadá foi selecionado e ganhou o mais alto valor da premiação: R$ 250 mil. O valor será investido em ações de garantia do direito à educação, promoção da vida e da saúde e prevenção de violações de direitos.

Intitulado de Tá Na Rede o projeto vai atender cerca de 850 crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade, envolvidas em situações de trabalho infantil e com sua trajetória escolar ameaçada, que sejam residentes nos bairros Campo Novo e Residencial Rachel de Queiroz.

As crianças atendidas terão acesso a oficinas de inclusão digital, robótica, dança, artes marciais e cultura de paz. Já as famílias vão receber alimentos produzidos pelos agricultores, orientações nutricionais, kits de higiene, gás de cozinha e outros itens de acordo com suas necessidades. O projeto prevê também a realização de encontros com pais e mães com foco no fortalecimento da convivência familiar e na prevenção de situações de negligência, violências domésticas e sexuais.

Além do valor de R$ 250 mil, o Itaú Social ainda vai garantir um ano de acompanhamento e apoio através de uma consultoria especializada que será prestada ao município, no campo das políticas de garantia dos direitos de crianças e adolescentes.

O valor destinado ao projeto de Quixadá selecionado é o mais alto valor previsto conforme as regras do edital do Itaú Social, e foi escolhido por importantes nomes da ciência social e da promoção e garantia de direitos do País, tendo concorrido com outros importantes projetos de vários estados do Brasil.

Para o prefeito Ricardo Silveira a seleção do projeto do CMDCA de Quixadá reflete o seu propósito maior à frente da gestão municipal. “Se você ambiciona ser prefeito e ter uma equipe fomentando projetos que venha atingir as principais necessidades da população, isso é realizador. Então é uma razão de muita alegria saber que essas crianças vão estar sendo acompanhadas”, afirmou o gestor do município.

Na opinião do articulador Washington Gomes, que ajudou na elaboração do projeto, a aprovação do Tá Na Rede é um importante marco para a história de Quixadá. “Esse prêmio conquistado pelo CMDCA e que será executado pela SDS diz respeito a uma grande operação que será feita em prol da vida de 850 famílias a partir da garantia de direitos de crianças e adolescentes. Daqui pra frente Quixadá embarca em uma nova jornada, se projetando a nível nacional como uma referência no controle social e garantia de direitos”, reflete.

Previsto para ter seu planejamento em janeiro de 2022, o projeto prevê nos primeiro bimestre a seleção de profissionais que vão atuar nos bairros além da fase de planejamento. O plano prevê que o projeto seja executado entre março e dezembro.




Deixe seu comentário

Os comentários do site Monólitos Post tem como objetivo promover o debate acerca dos assuntos tratados em cada reportagem.
O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.