Polícia Militar prende dupla suspeita de manter família refém durante assalto em Boa Viagem

- por
  • Compartilhe:

Uma composição da Polícia Militar prendeu uma dupla suspeita de roubo com restrição da liberdade das vítimas. A ofensiva ocorreu na noite dessa terça-feira (4), numa residência particular, no município de Boa Viagem. Além da prisão em flagrante, os bens roubados das vítimas foram recuperados, e uma arma de fogo e um veículo usados para cometer o crime foram apreendidos.

Os policiais militares estavam em patrulhamento na região, quando receberam uma informação que supostamente uma residência estaria sendo roubada, pois o imóvel estaria com o portão aberto e barulhos suspeitos foram ouvidos vindos do interior do local. Rapidamente, os profissionais de segurança foram à propriedade para verificar a veracidade da informação e se depararam com a casa aberta. Um homem, na tentativa de fugir, foi visto correndo para os fundos da residência, iniciando uma perseguição. Já o outro suspeito foi encontrado na sala da residência, em frente às vítimas.

O suspeito abordado nos fundos do imóvel foi identificado como Gleison Gomes de Lima (23), com antecedentes por posse irregular de arma de fogo e tráfico de drogas. Já o segundo suspeito foi identificado como Ricardo Livino de Oliveira (43). Com Gleison, foi encontrada uma arma de fogo revólver calibre 38 com seis munições intactas. Com os suspeitos também foram encontrados um veículo modelo Onix, que teria sido usado pela dupla para cometer o crime, quatro telefones celulares, um relógio de grife e uma elevada quantia em dinheiro.

Diante dos fatos, os materiais apreendidos e a dupla foram conduzidos para a Delegacia Regional de Canindé, unidade da Polícia Civil. Lá, Gleison Gomes e Ricardo Livino foram autuados em flagrante por roubo com restrição de liberdade da vítima. O caso segue sendo investigado pela PC-CE. Todos os bens roubados das vítimas foram restituídos.




Deixe seu comentário

Os comentários do site Monólitos Post tem como objetivo promover o debate acerca dos assuntos tratados em cada reportagem.
O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.