FAEC quer transformar o Ceará no primeiro produtor de pistache do Brasil

- por
  • Compartilhe:

A Federação da Agricultura e Pecuária do Ceará (FAEC) acionou a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) para importar material genético de pistache, com o intuito de transformar o Estado no primeiro produtor do fruto no Brasil.

“Queremos fazer, no Ceará, um campo experimental de pistache e tornar o Estado o primeiro produtor nacional dessa cultura exótica”, diz o presidente da FAEC, Amilcar Silveira. “Estamos fazendo os estudos iniciais para definir em qual região será realizado os primeiros teste”, completou o dirigente.

Utilizado na gastronomia de diversos países, o pistache apresenta alto valor comercial se comparado a outras culturas. No Brasil, é famoso em sorvetes e sobremesas, mas também pode ser usado em pratos salgados ou consumido inteiro, após torrado e salgado.

Os principais produtores globais de pistache são os Estados Unidos, com destaque para o estado da Califórnia, e o Irã. Juntos, os dois países respondem por aproximadamente 75% do mercado mundial. Em 2020, as exportações de pistache superaram US$ 2,5 bilhões.




Deixe seu comentário

Os comentários do site Monólitos Post tem como objetivo promover o debate acerca dos assuntos tratados em cada reportagem.
O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.