Quixadá: Polícia Civil prende acusado de agredir a própria companheira por não aceitar o fim do relacionamento

- por
  • Compartilhe:

A Polícia Civil de Quixadá prendeu nesta segunda-feira (19), André Ferreira de Castro, de 23 anos, acusado de agredir a socos, pontapés, e mordidas a própria companheira, Márcia Ferreira de Castro, no distrito de Riacho Verde, na madrugada da última segunda-feira (12).

O suspeito que já tinha passagem pelo crime de lesão corporal dolosa estava foragido desde a prática do crime, e a Polícia Civil resolveu representar por sua prisão preventiva. As investigações do caso são conduzidas pela Delegacia de Defesa da Mulher de Quixadá.

“Após a autoridade policial representar pela prisão do suspeito, por entender que houve violação da ordem pública e haver risco iminente de reiteração delitiva, o Judiciário deferiu o mandado de prisão preventiva, que foi cumprido hoje”, explica a delegada Joseanna Oliveira, titular da DDM Quixadá.

Após realizar oitivas e investigar o caso, a autoridade policial concluiu o procedimento e o caso foi remetido à Justiça.

O caso foi mostrado pela TV Monólitos na última semana, e a Delegada responsável pela condução dos trabalhos investigativos falou sobre as agressões sofridas pela vítima. Relembre na reportagem abaixo.




Deixe seu comentário

Os comentários do site Monólitos Post tem como objetivo promover o debate acerca dos assuntos tratados em cada reportagem.
O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.