Tribunal de Justiça do Ceará dá início às atividades do recém-inaugurado Juizado da Mulher de Quixadá

- por
  • Compartilhe:

As atividades do Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher de Quixadá tiveram início nesta quinta-feira (20). O equipamento foi inaugurado pelo Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) no último dia 14 de maio, se tornando a oitava unidade especializada do Estado e a sexta instalada no Interior.

A juíza titular da unidade, Verônica Margarida Costa de Moraes, ressaltou que as expectativas para o trabalho que será desenvolvido são boas. “Estou muito satisfeita. A equipe é nova e formada por profissionais qualificados. Nós vamos poder atuar em prol de pessoas vulneráveis e estimular seu empoderamento”, pontuou. A magistrada destacou ainda que a vulnerabilidade feminina vai além de situações relacionadas com dependência econômica, uma vez que a sociedade atual ainda é marcada pelo machismo e pela misoginia.

“A violência de gênero faz morada tanto na periferia quanto nos condomínios de luxo. Minha intenção é somar esforços para romper esse ciclo a que a mulher é submetida, bem como oportunizar que o agressor mude de comportamento”, afirmou.

Em Quixadá, o Juizado funciona dentro da Casa da Mulher Cearense, inaugurada em dezembro de 2022, no bairro Planalto Renascer. Lá, são acolhidas mulheres dos 18 municípios do Sertão Central. Dessa forma, as vítimas de violência encontram os órgãos de Justiça e de Segurança Pública em um mesmo lugar, o que permite que a lei seja aplicada com maior celeridade e efetividade.




Deixe seu comentário

Os comentários do site Monólitos Post tem como objetivo promover o debate acerca dos assuntos tratados em cada reportagem.
O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.