Servidora da UFC de Quixadá é premiada em Portugal e na Itália por pesquisas de inovação e empreendedorismo

- por
  • Compartilhe:

A servidora Roberta Dutra de Andrade, do Campus de Quixadá da Universidade Federal do Ceará, recebeu dois prêmios internacionais, por dois trabalhos: em Portugal, foi premiada a criação de dispositivo para facilitar a vida de pacientes com Parkinson. Na Itália, foi premiado capítulo da tese de doutorado sobre ecossistemas empreendedores.

Mestre em Administração de Empresas, Roberta faz doutorado em Gestão na Universidade da Beira Interior, em Portugal, e realiza há alguns anos pesquisa sobre criação de dispositivo para pacientes com Parkinson junto com o professor Marcelo Martins, do Campus de Quixadá.

O projeto ‘‘JUKA – Dispositivo vestível multifunções para pessoas com Parkinson’’ ganhou o prêmio de Inovação Tecnológica Engenheiro Jaime Filipe 2023, promovido pelo Instituto Nacional para a Reabilitação, do governo português, que distingue o trabalho que mais contribua para a melhoria da qualidade de vida das pessoas com deficiência.

“O dispositivo foi pensado e criado para o meu pai, na verdade, que tinha Parkinson, então ele é um dispositivo vestível em formato de cabo em que você pode acoplar talheres, escova de dente e pente. Então, você dá ao paciente de Parkinson mais autonomia para fazer a atividade sozinho, sem depender de outra pessoa”, relata a servidora. Ela explica que o cabo tem uma pulseira que fica segura na mão do paciente e é capaz de anular todos os tremores horizontais e verticais.

Desenvolvido em um grupo de pesquisa, durante anos, o dispositivo já passou por testes em laboratório e atualmente está numa fase de implementação de um software, de inovação aberta, que consegue gerar gráficos da evolução da doença e auxiliar a avaliação médica. “É uma inovação aberta, a gente usa materiais de baixo custo, repositórios livres gratuitos. O custo ficou 88% menor do que a versão que tem no mercado”, comemora. 

Um dos capítulos da tese da servidora, que é desenvolvida desde 2020 sobre os Ecossistemas Empreendedores em diversos tipos de economia, recebeu o prêmio Promessa de Pesquisa em uma conferência italiana de empreendedorismo, educação e tecnologia, também em maio.

Roberta Dutra de Andrade é servidora da UFC há mais de 10 anos e participou da fundação do Núcleo de Inovação e Empreendedorismo do Campus de Quixadá (Inove), onde são desenvolvidos vários projetos de pesquisa, eventos de empreendedorismo e treinamentos. O Inove já foi premiado como melhor ambiente de inovação e empreendedorismo no Ceará.




Deixe seu comentário

Os comentários do site Monólitos Post tem como objetivo promover o debate acerca dos assuntos tratados em cada reportagem.
O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.